Estou com Osteoporose, e agora?

Osteoporose
Foto: Wikipedia

Frequentemente pacientes me procuram, encaminhados por médicos de outras especialidades após terem sido diagnosticados como portadores da Osteoporose. Muitos já iniciaram tratamento medicamentoso e buscam uma orientação sobre como devem proceder para evitar a progressão e as possíveis fraturas decorrentes da doença.

A Osteoporose é a perda acelerada de massa óssea que ocorre durante o envelhecimento, e provoca a diminuição da absorção de minerais e de cálcio.

A principal chave para essa prevenção é a mudança no estilo de vida, pois, na verdade, pequenos cuidados vão produzir grande efeito para aliviar a perda progressiva de massa óssea:

  1. Reveja o tipo e a quantidade de exercícios que está realizando semanalmente. Exercícios para os ossos pressupõem cargas leves e repetidas e necessitam de continuidade para serem efetivos. Se por acaso os exercícios não fizerem parte da sua rotina, ajuste e altere essa rotina agora! Uma simples caminhada diária por 30 minutos associada a exercícios de alongamento e de mobilidade articular são o mínimo necessário. Ah, movimente-se continuamente evitando longas jornadas sentado ou deitado.
  2. Pare de fumar ou, caso não consiga, diminua a quantidade. Diversos trabalham comprovam que o uso do cigarro leva a perda de massa óssea. Assim também como o consumo de álcool pode colaborar para Osteoporose e pode, inclusive, contribuir para as quedas.
  3. A prevenção de quedas também deverá ser feita em casa e nos ambientes de circulação, evitando tapetes, pisos escorregadios e má iluminação. Invista no uso de apoio e barras em banheiros, escadas e ambientes de circulação.
  4. Melhore sua dieta. Observe a quantidade de proteínas na sua dieta. Estudos demonstram que uma baixa ingestão de proteínas produz perda de massa óssea. Suplemente cálcio e vitamina D.
  5. Reduza seu peso. O excesso de peso por si só poderá produzir fraturas na coluna, por exemplo, e perdas de equilíbrio podem produzir fraturas no punho e fêmur.

Essa mudança de hábito pode ser decisiva para reversão ou desaceleração da perda de massa óssea e melhor controle da Osteoporose, impactando diretamente na sua qualidade de vida.

Eduardo 3l 4 com jalecoEduardo Souza Teixeira da Rocha
Ortopedia / Traumatologia / Psicosintomatologia da dor

Doutor em Medicina e formado pela Universidade Federal da Bahia – UFBA (CRM/BA 12232), Especializado em Ortopedia pela Universidade Federal de São Paulo (TEOT – SBOT 5477). Trabalhou na Rede Sarah de Hospitais do Aparelho Locomotor e no Hospital Aliança. Atualmente é diretor médico da Bios Saúde.

Estou com Osteoporose, e agora?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>