A importância da orientação nutricional  

two smiley girls using tablet pc at home
O Nutricionista faz uma dieta exclusiva para você

A qualidade de vida tem sido uma busca incessante nos dias atuais. As pessoas têm procurado manter a sua rotina sustentada em três pilares básicos: hábitos saudáveis, prática regular de exercícios físicos, e reeducação alimentar. Assim, a área de nutrição passou a ser reconhecida como uma ferramenta importante, e não complementar, para a transformação do dia a dia de quem preza o bem-estar e pensa em longevidade.

Diante desse contexto, os nutricionistas têm se especializado cada vez mais para atender às demandas individuais dos pacientes, levando em consideração não só as suas características e condições físicas, mas o seu estilo e fase de vida, a sua condição socioeconômica, e sua maneira de ver o mundo (cultura e religião), ou seja, a alimentação não significa mais apenas o ato de manter o sustento do corpo, a saúde fisiológica do organismo. A orientação nutricional atua na prevenção de doenças, a exemplo da obesidade, e otimiza recursos, tornando, muitas vezes, o cotidiano mais leve e prazeroso.

De acordo com a nutricionista Deborah Andrade Vilela, que atende mulheres com endometriose, adultos e idosos, normalmente a expectativa de quem procura uma orientação nutricional é, além de regularizar o peso, melhorar a qualidade de vida. “A maioria dos pacientes se queixa de falta de energia, sono irregular, resfriados frequentes, intestino preso, digestão lenta, memória fraca, queda de cabelo, irritabilidade, TPM… A partir de uma alimentação equilibrada e suplementação individualizada, eles atingem o peso desejado, tornam-se mais produtivos no trabalho, sentem-se mais dispostos para praticar exercícios físicos e realizar atividades diárias em casa e com a família, e melhoram o humor”, explica a profissional, atuante na Bios Saúde desde 2008, com base nos princípios da nutrição clínica funcional, ortomolecular e nutrição estética.

Ela destaca que um dos erros mais comuns entre os pacientes é esquecer de beber água, elemento importante para as reações bioquímicas do organismo. “A água é essencial para os processos de digestão, absorção, circulação e excreção que ocorrem no corpo. Auxilia todos os órgãos a funcionarem em equilíbrio, combate o inchaço, melhora a performance na atividade física, desintoxica e ainda ajuda no processo de emagrecimento”, pontua a nutricionista.

Outro fator que influencia negativamente a alimentação das pessoas é a rotina corrida.  “A falta de tempo, infelizmente, tem levado as pessoas a optarem por lanches e refeições práticas e não saudáveis. Essas escolhas aumentam as chances de desenvolver doenças crônicas, como sobrepeso, obesidade, hipertensão, dislipidemias e complicações cardiovasculares. Toda mudança exige certo trabalho no início, planejamento e organização, mas compensa todo o esforço. É uma questão de prioridade”, afirma.

A importância da orientação nutricional  

2 thoughts on “A importância da orientação nutricional  

  • 3 de agosto de 2016 at 12:17
    Permalink

    Aqui sempre encontro ótimas informações sobre bem estar. Recentemente tive alguns problemas de saúde e o conteúdo daqui tem me ajudado muito. :)

    Reply
    • 9 de agosto de 2016 at 17:26
      Permalink

      Obrigada, Felipe! Aceitamos sugestão de pauta, caso queira indicar algum tema do seu interesse!

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>